Atividade reflexão-ação

A escola e seu espaço

Caro(a) cursista, você chegou à terceira Atividade reflexão-ação16 de nosso curso. As discussões do módulo serão mobilizadas neste momento de análise e de elaboração de propostas para o espaço escolar em sentido amplo, ou seja, considerando não apenas o interior da escola, mas também a relação dela com o entorno.

Nesta atividade, você fará um trabalho primeiramente de descrição e, em seguida, de análise crítica da escola e de seu entorno. O objetivo é conhecer de forma mais aprofundada a sua realidade no que diz respeito às relações estabelecidas entre escola e território. Você pode organizar a sua atividade em diferentes formatos: apenas texto escrito, texto com fotos, um vídeo, uma combinação de diferentes linguagens.

Sugerimos que a atividade seja efetuada em quatro etapas.

1. Descrição da escola

Nesta etapa, você irá descrever a escola em que trabalha ou uma com a qual mantenha contato pelo seu trabalho como professor(a) e/ou gestor(a) da educação e de áreas afins. Procure inserir nessa descrição pontos que sejam mais relevantes para o seu contexto profissional.

O vídeo Organização do espaço e do tempo (2010), da UnivespTV, faz uma descrição crítica do espaço e do tempo escolar de duas escolas de Educação Infantil bem estruturadas. O vídeo serve de exemplo e provocação para que você faça esta etapa da atividade. 

-Vídeo-
 
 

 

Considere algumas questões que podem servir para guiar esse relato, lembrando que outras observações podem ser pertinentes conforme o contexto em que a escola está inserida.

a) A escola é estadual ou municipal? De que forma a escola recebe apoio dessas instituições? Como é a relação da escola com o município e/ou estado? O orçamento da escola é suficiente?

b) Como é o espaço físico da escola, a sua infraestrutura?

c) Como os espaços são organizados e ocupados? Considere as salas, os locais de passagem e de convivência.

2. Descrição dos sujeitos

Neste momento, procure detectar de forma geral os sujeitos que constituem tanto a comunidade em que a escola está inserida, como o conjunto de pessoas que efetivamente a frequenta, entre alunos(as) e profissionais que lá trabalham. A ideia não é fazer um pesquisa sociológica completa, mas fornecer um quadro aproximado da escola a partir de sua experiência de trabalho. Tenha em mente algumas perguntas, lembrando que elas servem apenas de guia, não precisam ser respondidas minuciosamente nem seguidas à risca.

a) Os estudantes moram longe ou perto da escola? Como se locomovem até ela? Como é o seu trajeto?

b) Que tipo de ocupação têm as pessoas que moram nessa comunidade? Há uma ocupação predominante, ou o perfil de emprego é heterogêneo? Trabalham em geral longe ou perto de suas casas?

c) Quantos alunos(as) provenientes de famílias participantes do PBF estudam na escola? Há alguma diferenciação entre eles(as) e os(as) que não são participantes do programa?

d) Você encontra estudantes que pertencem a grupos indígenas, quilombolas ou são integrantes do MST, por exemplo?

e) Você observa o predomínio de alguma religião na comunidade? E entre os(as) alunos(as)? Observe como as pessoas do bairro e da escola lidam com a diversidade cultural e de religião.

f) Quais os principais conflitos que você observa entre os diferentes sujeitos que compõem a comunidade escolar?

3. Descrição do entorno (bairro/comunidade)

Nesta etapa, você irá descrever o entorno da escola, o bairro, a comunidade. Procure construir sua descrição levando em conta algumas questões que sugerimos.

a) Trata-se de um espaço urbano ou rural, por exemplo?

b) Há espaços de recreação, de lazer, de acesso à cultura? Quais?

c) Há serviços públicos – como posto de saúde, posto de polícia, serviços de atendimentos ao cidadão – próximos à escola?

d) Há locais de trabalho disponíveis às famílias que ali vivem?

e) Há relações entre a escola e os espaços que você observa fora dela? Que tipos de relações são essas? De que forma a escola se propõe a estabelecê-las?

f) Quais as principais dificuldades na relação da escola com a sua comunidade?
 

4. Análise propositiva

Nesta última etapa, o objetivo é que você construa um plano de intervenção que proponha alguma forma de estabelecer uma relação entre escola e território em seu contexto específico, considerando para a produção disso as descrições que você fez anteriormente, bem como alguma questão relevante que você tenha detectado nas atividades do Módulo I (entrevista com família participante do PBF) e do Módulo II (direitos humanos na escola).

Tendo esse diagnóstico e as descrições em mão, avalie algumas questões sugeridas abaixo, as quais servem apenas como um caminho, e procure elaborar uma proposta de intervenção:

a) A forma como os espaços e tempos organizam-se e são ocupados na escola analisada contribuem ou não para o desenvolvimento dos sujeitos? De que forma?

b) A escola trabalha para a construção de espaços e tempos que contribuem para a emancipação da condição dos sujeitos inseridos nesse contexto? A escola procura criar esses espaços a partir das necessidades de seus(suas) alunos(as)?

c) Que espaços você acha que poderiam ser melhor aproveitados na escola analisada? Como?

d) Como você avalia as relações que se estabelecem (ou não) entre as instituições e as escolas? Que tipo de envolvimento você percebe que poderia ocorrer para criar e expandir os territórios educativos?

e) Como os espaços dispostos na comunidade são aproveitados pela escola? São utilizados para a criação de lugares diferenciados?

f) O que poderia ser feito diante desse diagnóstico? Que relações entre escola e bairro/comunidade poderiam ser feitas para criar espaços que contribuam para o desenvolvimento e a emancipação dos sujeitos?

Ao final, você terá elaborado um documento (texto, vídeo, fotos) com um amplo diagnóstico e uma rica análise da escola. É uma atividade que exigirá tempo e dedicação. Você precisará conversar com diferentes atores(as) da comunidade escolar para responder às questões sugeridas e a outras indagações levantadas por você e seus(suas) colegas de curso, que podem debater a atividade em um fórum específico para ela. Lembre-se, você não estará sozinho(a) na execução dessa complexa atividade. Conte com a ajuda de seu(sua) professor(a)-tutor(a) e seus colegas para resolverem problemas comuns.

Acreditamos que esse esforço poderá ser muito proveitoso para o fomento de debates e ações que tratem das questões levantadas sobre educação, pobreza e desigualdade social.

Observe as instruções de seu(sua) professor(a)-tutor(a) sobre a postagem e o compartilhamento de seu trabalho resultante da Atividade reflexão-ação.

Bom trabalho!